Técnicas Para Restaurar Móvel De Madeira

Refazer o acabamento dos móveis é um trabalho que faz sujeira e consome tempo. Antes de retirar o acabamento antigo de qualquer peça da mobília, verifique isto: um trabalho de restauração completo pode não ser necessário. Na verdade, a restauração pode desvalorizar uma antiguidade. Uma peça em boas condições, com seu acabamento original, é muito mais valiosa do que uma completamente restaurada.

Técnicas Para Restaurar Móvel De Madeira

Técnicas Para Restaurar Móvel De Madeira

Neste artigo, vamos mostrar como você pode usar uma simples técnica de restauração para dar vida nova ao acabamento antigo de seus móveis de madeira.

O primeiro passo é saber que tipo de acabamento foi usado no móvel. Depois você deve decidir como limpá-lo. Para manter os móveis bonitos por mais tempo é necessário muita dedicação. Se você quiser a madeira brilhando por mais tempo, é só colocar a mão na massa e colocar acabamentos stain ou verniz, os produtos são feitos de óleos vegetais e proteger o material. Além de deixar a madeira mais bonita, o acabamento fica protegido de fungos e pragas.

Imagem de Amostra do You Tube

Identificando Um Acabamento Antigo

Se você não sabe qual é o tipo de acabamento, pode acabar estragando o trabalho original ou desperdiçando seu tempo com uma técnica que não funciona. Determinar o acabamento é especialmente útil quando você for combinar um acabamento com outro. Esse conhecimento também é essencial para o conserto.

Identificando Um Acabamento Antigo

Identificando Um Acabamento Antigo

Em restauração, a única diferença que realmente importa é a que existe entre os três acabamentos básicos naturais: goma-laca, laca ou verniz. Os acabamentos pigmentados, tais como tinta ou esmalte, são fáceis de identificar. Os outros acabamentos que podem ser encontrados são óleo, cera e selantes de penetração, identificáveis pelo toque e falta de alto brilho. Esses acabamentos podem ser restaurados apenas com a reaplicação.

Na maioria dos móveis, o acabamento é um dos três básicos: goma-laca, laca ou verniz. Antes de fazer qualquer coisa com o acabamento, você precisa identificá-lo.
Primeiro, teste o acabamento com álcool desnaturado. Esfregue um pouco do álcool em uma área onde não se note. Se o acabamento dissolver, é goma-laca. Se dissolver parcialmente, provavelmente é uma combinação de goma-laca com laca.

Imagem de Amostra do You Tube

Teste novamente com uma mistura de álcool desnaturado e solvente de laca: isso pode dissolver completamente o acabamento. Se o álcool não afetar o acabamento, esfregue um pouco de solvente de laca em uma área onde não se note. Se a área ficar dura e depois macia novamente, o acabamento é laca; se o acabamento enrugar e não ficar macio novamente, então é um tipo de verniz. Se nem o álcool nem o solvente de laca afetá-lo, o acabamento é de verniz.

Depois de identificar o acabamento, você pode começar a restauração. Se o problema for sujeira, craquelados, desbotamento ou desgaste geral, isso geralmente pode ser resolvido.

Usá-las significa montar uma barreira contra agentes externos que estragam e oxidam a madeira. O verniz cria camadas mais grossas. O stain penetra no material, deixando-o com brilho e um aspecto mais natural. É um filme de baixo relevo, que traz proteção extra ao móvel — explica Rafael Ferreira, gerente de Marketing e Comunicação da empresa Montana Química, que fabrica o s dois produtos. Antes de aplicar o produto escolhido, o consumidor precisa se preocupar em preparar a superfície do móvel.

O principal erro está em não aplicar removedor, caso haja verniz antigo, e deixar de lixar corretamente a madeira antes de usar o acabamento. Obedecer ao intervalo de secagem entre a aplicação das camadas e ler o rótulo da embalagem de cada produto, para saber se ele requer diluição, são outras dicas importantes para que o serviço feito em casa não deixe a desejar. Assim, o móvel ganha maior vida útil e fica sempre com cara de novo.

Técnicas De Limpeza

O recurso de restauração mais fácil é a limpeza. Após algum tempo, mesmo os móveis sendo bem cuidados fica um pouco grudento e embaçado, mais isso é devido as camadas de cera e pó, em vários cados, essa camada de cero e pó podem ser tiradas com o lustra-móveis, que é feito a base de óleo.

Aplique o produto com um pano bem macio e deixe por até 2 horas, após isso limpe o produto com outro pano, e é só repetir o processo, passando bastante produto, até que você veja madeira bem ilustrada. Dependendo da quantidade de cera e pó que tenha no móvel será necessário de 4 a 5 aplicações com o mesmo processo. Não se esqueça de tirar bem o excesso de óleo.

Se o lustra-móveis não resolver, remova a sujeira com uma solução de água morna e detergente líquido. Use pouco e trabalhe rapidamente: não ensope a mobília ou despeje a solução sobre ela. A água pode deixar o acabamento de laca ou goma-laca esbranquiçado (o mesmo acontece quando um copo deixa uma marca na mesa). Quando o móvel estiver limpo, enxágue-o com um pouco de água (cuidando para não molhar demais) e depois seque cuidadosamente a madeira por completo com um pano macio ou uma toalha.

Deixe a madeira secar completamente. Se o acabamento estiver esbranquiçado, passe uma lã de aço no local e depois lustre a superfície levemente, no sentido do desenho da madeira. Depois aplique o lustra-móveis e lustre a madeira novamente. Se a limpeza com o detergente não der certo, use um solvente para limpar a madeira. A limpeza com solvente é o último recurso a ser considerado porque pode danificar o acabamento. Use líquidos minerais ou essência de terebintina em qualquer acabamento; use álcool desnaturado em verniz ou laca.

Não use álcool em goma-laca ou em mistura de goma-laca com laca. Trabalhe em uma área bem ventilada e aplique o solvente com tecido (uma estopa ou uma toalha velha). Depois retire o limpador de madeira com outro pano. Finalmente, aplique o lustra-móveis e outra vez lustre levemente a madeira. A limpeza com detergente e solvente também pode ser usada para rejuvenescer móveis de vime e palha. Use as mesmas técnicas já mencionadas, mas com cuidado especial para não usar muita água.

Um comentário

  1. Ótima matéria! Muito bem ilustrada! Vlw!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>