Como Fazer Fuxico Quadrado

Assim como a moda, o artesanato muda constantemente e como artesanato é pura criatividade novidades vão surgindo incessantemente. Um das novidades que surgiram foi o fuxico quadrado, que tal ver como podemos fazer esse tipo de fuxico?

No entanto, você sabe o que é fuxico? Como ele surgiu? Veja a seguir e veja que lindos artesanatos você pode fazer com ele?

E o que é o Fuxico?

Você sabe o que é fuxico?  O fuxico é um processo de artesanato muito antigo, onde usamos retalhos de tecido para confeccionar enfeites, adornos, tais como: bolinhas, florzinhas, borboletinhas, corações, e muitos outros. A proposta é simples e consiste em usar um pedaço de tecido (normalmente retalho) e com o auxilio de uma agulha e linha, se vai alinhavar e então dar uma forma diferente ao tecido.

Como falamos fuxico é um método de trabalhar com retalhos de tecidos, que podemos juntar uns aos outros para formar peças como colchas, bolsas, tapetes, caminhos de mesas, roupas, bichinhos, atualmente o fuxico conquistou um espaço no mundo da moda.

Muitos estilistas usam o fuxico em suas coleções. E assim o fuxico ultrapassou as fronteiras do Brasil, pois essa cultura popular foi preservada e também foi desenvolvida em produtos apreciados pelos turistas e pelos brasileiros.

Um Pouco de História

Os artesãos diversificaram o fuxico criando novos padrões mesmo mantendo intacto o princípio desta arte que vem sobrevivendo desde sua origem. O fuxico é uma arte clássica, tradicional do Brasil da época do Brasil colônia. No decorrer desse tempo muitas historias sobre essa arte são relatadas pelo  povo.

Uma delas é que o fuxico surgiu no Brasil colônia, onde as escravas no nordeste brasileiro reaproveitavam os retalhos de tecidos das suas senhoras, pois na época tecido era um artigo de luxo. Os tecidos (finos) eram confeccionados na Europa, vinham para o Brasil em navios, as senhoras da corte doavam as roupas velhas para os escravos, que cortavam e com agulhas feitas com o espinho do mandacaru, ou com lascas de bambu e com fibras retiradas das plantas que usavam como linha, as escravas reunidas nas senzalas faziam os fuxicos (pequenas trouxinhas), a medida que falavam de suas senhoras (elogiando ou debochando), assim surgiu o Mexerico,que mais tarde veio a ser conhecido como fuxico.

Elas faziam os fuxicos que eram guardados ou escondidos e depois vendidos secretamente, pois o artesanato era proibido entre os escravos, porque eles vendiam e juntavam o dinheiro para comprar sua carta de alforria, os fuxicos depois seriam transformados em colchas, cobertores.

Portanto, podemos chegar à conclusão que a origem do fuxico é incerta, pois não temos registros de onde ele realmente foi criado, e como a ideia de usar pedaços de tecidos surgiu.

O que se sabe é que o fuxico é confeccionado em vários países do mundo.

O fuxico recebeu esse nome aqui no Brasil, porque as mulheres aproveitavam as horas vagas para em grupo produzir com pedaços de tecidos (sobras/retalhos) artesanatos tipo: tapetes, colchas, tudo que a criatividade possa criar, a medida que trabalhavam, elas também conversavam expressando seus sentimentos, seus desejos e assim surgiu o nome fuxico que quer dizer fofoca. No entanto algumas mulheres que trabalharam e trabalham começaram a reclamar dizendo que não fofocavam e que elas somente argumentavam, questionavam os problemas do dia a dia, por outro lado elas também melhoravam a renda da família com a venda dos produtos confeccionados.

A Valorização do Fuxico

Com o passar do tempo, fazer fuxico passou a ser uma atividade específica das mulheres pobres e de baixa renda do interior nordestino. Elas aproveitavam os retalhos e assim começaram a ajudar a aumentar a renda de suas famílias. O fuxico passou a ser usado pela alta sociedade nos anos 80 e assim ficou muito valorizado. Sendo usado em decorações na forma de colchas, cobertores, nas almofadas, enfeitando bolsas, tapetes, vestimentas, etc.

Hoje se pode ver o fuxico em quase tudo, ele deixou de ser um enfeito e passou a ser muito presente nas casas.

O fuxico tradicional é feito à mão, cada fuxico é produzido individualmente e com isso os trabalhos com fuxico são valorizados. O fuxico, além de ser uma arte, é um trabalho terapêutico, pois aumenta a autoestima, causa bem estar, combate o estresse, introduz novos desafios, além da cooperação que há entres os artesãos.

Com o incentivo o fuxico usado na decoração também passou a ser usado nos enfeites de roupas, na confecção de roupas.

A Saída do Quarto

O fuxico que antigamente era usado apenas em colchas e tapetinhos, hoje enriquece todo tipo de objeto, desde aqueles de uso pessoal como os de decoração. Podemos fabricar almofadas, bolsas, acessórios femininos, jogos e vários tipos de utilitários decorados para nossas casas e também encontramos peças de roupas.

O fuxico simples pode fazer com vários tamanhos e, assim, vamos  criar peças diferenciadas de acordo com suas ideias. Saiba que para saber a medida de cada fuxico, é preciso trabalhar com uma medida maior do tecido, pois depois de alinhavar cada pedacinho de tecido, você puxa a linha  para franzir, dando forma ao trabalho.

Trabalhando com o Fuxico

Confira qual a medida necessária para confeccionar fuxicos com tamanhos escolhido. Dê uma olhadinha nesse site:

http://www.portaldeartesanato.com.br/materias/1258/#sthash.3YP1qHMb.dpuf

Você pode fazer vários modelos de fuxico e pode usar para montar almofadas, colchas, caminhos de mesa, decorar potes, caixas, bolsas, chinelos e tudo aquilo que sua mente criar.

Como falamos para fazer o fuxico simples faça um molde de papelão para cortar todos os círculos iguais, depois dobre as bordas e vá alinhavando toda a volta do tecido, puxe a linha para ficar franzido e feche com a costura, arremate e corte o excesso de linha. Assim você pode fazer fuxicos de diferentes tamanhos e usá-los em varias técnicas de artesanatos.

O Fuxico Quadrado

Um dos modelos de fuxico é o fuxico quadrado, vamos seguir o passo a passo para montar este fuxico diferente.

Vamos precisar de retalhos cortados na medida de 10×10 cm, depois vamos dobrar o retalho ao meio e em seguida vamos dobrar mais uma vez e vamos marcar o meio do fuxico.

Leve as pontas ao centro do fuxico, alinhavando para não soltar, assim você formará um quadrado (menor), do mesmo lado onde você alinhavou as pontas, alinha outra vez as quadro pontas, depois de alinhavado você vai dobrar as pontas para fora e seu fuxico quadrado estará pronto, faça esse processo com todos os retalhos depois monte sua peça.

Ficou difícil de visualizar? Veja o blog a seguir, ele tem o passo a passo:

http://espacodemocraticoentrenos.blogspot.com.br/2010/09/fuxico-quadrado.html

Se quiser outras ideias de artesãos que fazem fuxico, veja o blog dessa artesã, ela tem ótimas ideias, é procurar e se ocupar.

http://melzamelo.blogspot.com.br/2009/07/indice-dos-trabalhos-de-fuxico-index-of.html

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Fuxico

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *