Efeitos Diferentes de Pintura Para Parede

Na hora de decorar a casa nada melhor do que poder personalizar cada cantinho, não é mesmo? Pois, com as dicas que vamos lhe dar você descobrirá que é mais fácil do que parece ter paredes com um acabamento incrível. A seguir vamos te ensinar a como criar efeitos diferentes de pintura para a parede da sua casa.

Pintura de Parede

Pintura de Parede

As técnicas são fáceis de fazer em casa e certamente as suas paredes ficarão bem mais interessantes seguindo algumas dessas ideias. Não tenha medo de arriscar e de se sujar, pois na hora de conseguir um acabamento perfeito todos os esforços são válidos. Mãos a obra e comece agora mesmo a pintar as suas paredes.

Dicas de Técnicas Para Diferentes Efeitos na Pintura de Parede

Técnica da Esponja

A técnica conhecida como da esponja é uma das mais simples para chegar a um efeito diferenciado para as suas paredes. Basicamente essa técnica é feita com tintas de emulsão ou látex, também é preciso contar com vernizes à base de óleo. Para o efeito em si será necessário uma esponja natural, assim o resultado ficará mais discreto.

O primeiro passo é aplicar uma camada de tinta de emulsão normal para fazer a base, deixe secando por um tempo. O passo seguinte será o de mergulhar a esponja na água e na sequência espremê-la o máximo que puder para que esteja mais leve para a aplicação. Será necessário fazer uma segunda emulsão para a cor do topo.

Técnica da Esponja

Técnica da Esponja

A dica é optar por um tom que seja semelhante a aquele que está na camada de base anterior. Jogue um pouco de tinta num tabuleiro e em seguida mergulhe a sua esponja, o resultado deverá ficar discreto e delicado. Sendo assim retire o excesso de tinta da esponja usando o topo do tabuleiro.

Comece a pintar com a esponja pelo topo, para ir criando diferentes efeitos vá mexendo a esponja pela parede e assim poderá obter um padrão que vai esconder a cor de base que ficou por baixo. Depois é só aguardar que seque, se achar que é necessário você pode fazer uma segunda demão. Porém, atente ao fato que você poderá aplicar no máximo quatro cores diferentes na sua parede, também evite criar um carnaval de cores para que a base não suma.

Técnica da Pintura Têmpera

A pintura têmpera é uma das técnicas que propiciam um efeito bem natural de pintura deixando a sua parede quase transparente, além disso, ainda é um efeito fácil de fazer. Quem desejar pode comprar um verniz pronto para o último passo dessa pintura, porém, se desejar é possível fazer o seu próprio verniz.

Em relação as ferramentas não tem uma regra, é possível utilizar um pincel, um rolo ou mesmo um pano se desejar, todas essas ferramentas produzem um efeito interessante e semelhante. É importante ressaltar que se você vai usar um verniz à base de óleo deverá aplicar na primeira demão um acabamento de casca de ovo.

Pintura Têmpera

Pintura Têmpera

Comece aplicando a tinta da forma que preferir, ao acaso, use movimentos circulares. Para que a pintura fique bem feita você deverá ir pintando mais ou menos 1 metro quadrado em cada movimento. O importante é que no final o efeito fique desigual, sendo assim não precisa se preocupar com possíveis diferenças na pintura como um todo. Uma forma de deixar o visual da pintura ainda mais irregular é usar um pincel seco pela parede.

Técnica do Efeito Sarapintado

O efeito sarapintado é criado com a ajuda de trapos de pano, a seguir vamos te ensinar três formas de conseguir um belo efeito seguindo esse estilo. A primeira forma de conseguir um belo efeito sarapintado em paredes é pintar usando um trapo, a segunda é retirar parte da tinta usando o trapo e por fim usar o trapo como se ele fosse um tipo de rolo. O mais interessante é que todas essas três técnicas são muito fáceis de fazer.

O primeiro passo para qualquer uma das técnicas é pintar a parede usando uma cor de base clara com um tom mais escuro por cima. Quem preferir pode ainda usar uma base de casca de ovo que seja revestida a verniz ou mesmo a tintas de emulsão.

A Técnica do Trapo

Comece pintando sobre a primeira demão e deixe secando. A mistura deverá ser feita a partir de uma mistura de metade de tinta de emulsão e outra metade de água ou se preferir de cola para papel de parede. Misture tudo num recipiente e vá mexendo até que fique homogêneo.

Tecnicas Variadas

Técnicas Variadas

Se desejar você pode usar um tabuleiro, em seguida use um pano (pode ser uma camurça se quiser) e mergulhe o trapo na tinta pronta. Antes de começar a pintura efetivamente retire o excesso de tinta. A pintura deverá ser feita com a ajuda do pano em movimentos circulares e rápidos.

A Técnica de Retirar Tinta Com o Trapo

Essa técnica faz um pouco mais de sujeira e por isso é interessante que você use luvas. Tudo começa com a pintura da primeira e da segunda demão, intercale e deixe secar a primeira antes de fazer a segunda. Quem preferir poderá usar emulsão, mas deverá diluí-la em água antes.

O trapo usado deverá estar limpo e ser de algodão, amarrote o mesmo. Esse pedaço de pano deverá ser pressionado contra a camada de tinta que ainda está úmida. O objetivo é retirar parte da tinta de cima para que a tinta de baixo fique visível. Em seguida abra o pano e amarrote-o novamente.

Quando perceber que o pano está cheio de tinta use um novo, tenha cuidado que panos sujos de tinta podem ser inflamáveis. Sendo assim antes de jogá-los no lixo simplesmente limpe-os para evitar complicações.

A Técnica de Usar o Trapo Como Rolo

Espere que a primeira demão de tinta seque, quem quiser poderá escolher um acabamento do tipo casca de ovo. O trapo de algodão deverá ser enrolado num formato de rolo, depois mergulhe o pano numa mistura feita de verniz e esprema para não tenha excessos.

Depois faça o fundo da parede e role o seu trapo por cima numa linha que deverá ser reta. Uma forma de variar o padrão é voltar a enrolá-lo e em seguida mergulhá-lo no verniz para que seja possível voltar a pintar.

Vídeos de Efeitos Diferentes na Parede

Imagem de Amostra do You Tube

Imagem de Amostra do You Tube

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>