Como Fazer Mandalas de Linha?

A mandala, que significa círculo, existe há muitos anos, antes mesmo de serem idealizados no formato de linha. Mandala não é apenas uma decoração, sua forma circular não remete apenas a forma geométrica, mas também ao círculo mágico, o que o faz ser visto como um símbolo de harmonia e união.

A palavra surgiu de uma região da Ásia que mandala significava círculo, essa região é chamada de Península Indostânica. Mas para a maioria dos povos o significado mais conhecido é poder demonstrar um mantra ou algo divino

Mas em cada cultura tem suas especificações, como por exemplo no budismo, os diagramas significam mansão sagrada.  Em cerimônias dessa religião é comum mandalas desenhados em areia e logo depois jogadas em um rio, para mostrar as bênçãos sendo espalhadas.

A Mandala

Já se tornou bem comum em nosso dia-a-dia, mas o que muitos não sabem é que a mandala é parte de culturas milenares cada um com seu significado particular, mas no geral seria o bem com a vida e com o que existe em volta. Normalmente são bem chamativos e agradáveis de observar devido principalmente as formas e cores, as quais podem variar de acordo com a situação e gosto de cada um. Para as religiões podem ser feitas a partir de geometrias sagradas.

Aplicações

Atualmente existem mandalas para desenhar e colorir e os de linhas, considerados artesanatos. A fabricação de ambos são consideradas pelos psicólogos como terapia, ajudando na concentração, adquirir uma certa tranquilidade,  na auto estima, paz interior  e criatividade. Outra aplicação é para meditações fazendo referências ao nosso centro e interior. Para Carl Jung as mandalas conseguem trazer crescimento psicológico e formar de expressar sentimentos.

Para psicólogos, criar mandalas com ideias próprias fazem com que as pessoas pensem sobre temas bem internos que muitas vezes ficam escondidos, e que assim eles possam ser debatidos consigo próprio afim de chegar a um equilíbrio.

De centros budistas a mesquitas muçulmanas e catedrais cristãs, o princípio de uma estrutura construída em torno de um centro é um modelo comum na arquitetura.

Os mandalas também servem para decoração, ou então para representar algum significado especial, como por exemplo em igrejas cristãs em suas rosáceas.

Geometria

A maioria das mandalas são circulares, e é comum ouvir dizer que círculos são relacionados com coisas sagradas, cura e meditação. Sendo sempre o que levará para o centro do homem- sua alma e seus mistérios

Origem

Foi tratado bastante sobre a palavra em si, porém não de onde o objeto em si nasceu. Desde o princípio já era utilizada na meditação, os primeiros relatos são no Tibete no século VIII. Outro relato é budista, como já foi falado e hinduísta. Para esses dois últimos e outras crenças do extremo oriente as mandalas possuem significado sagrado, utilizando-as para rituais.

Já nas crenças ocidentais, existem poucos relatos, somente a utilização na arte sacra que tanto se destacou no período medieval, entre os séculos XVI e XVIII. Alguns lugares ainda é possível achar algumas decorações em vitrais das igrejas católicas.

As Cores

As cores utilizadas nas mandalas não possuem um significado próprio, eles são os mesmo referente a psicologia das cores, a qual diz que cada uma das cores pode trazer uma sensação diferente. Por isso consegue-se ver muito do interior da pessoas que está fazendo ou colorindo um mandala. É muito utilizada hoje em dia nas decorações exatamente para trazer harmonia ao ambiente.

Mostrando um pouco mais sobre esses significados:

  • Azul: Mostra confiança e segurança, cor da simpatia, da harmonia e fidelidade. Ligada a frieza, a espiritualidade e fantasia.
  • Vermelho: Convencimento, remete a algo urgente ou perigoso. Sempre representou o amor, mas também representa o ódio. Cor da alegria e da vida.
  • Amarelo: Otimismo, clareza, uma cor que representa contrariedade. Uma cor que além de iluminas inspira a criatividade.
  • Verde: Representa a natureza, saúde, ajuda a relaxar. Uma cor associada ao crescimento e a renovação.
  • Preto: Uma cor autoritária e séria, ao mesmo tempo representando a morte e a perda. Em questões atuais é lembrada com o ar de elegância, secreto e misterioso.
  • Branco: O mais tradicional- a paz. Em relação ao caráter da pessoa remente a honestidade, inocência, tranquilidade e perfeição.
  • Violeta: Magia, espiritualidade, imaginação. Provoca a calma nas pessoas, mas também o poder.
  • Laranja: dependendo do tom remete coisas diferentes. Os mais claros ao entusiasmo e os mais escuros a agressividade. Muito ligada ao budismo e a mudança nas pessoas.
  • Rosa: Relacionada ao charme, à ternura, ao romantismo e a cortesia.

Tipos De Mandala

Cada tipo procura reproduzir os conhecimentos que eles trazem, sendo eles religiosos ou filosóficos. As de areia são utilizadas em rituais e revela a inconstância do homem. Para a meditação e procura da paz interior são usadas mandalas de cura. Outros símbolos que possuem mandalas são sinos e rodas de oito raios.

Como Fazer Um Mandala De Linha:

Material para desenvolvimento:

  • Linhas de qualquer tipo, e as cores vão de acordo com a pessoa (lembrando que quanto mais melhor)
  • Varetas , podendo ser de bambu, palitos de churrasco, ou de uma madeira qualquer porem mais fino.
  • Tesoura.
Como Fazer Mandalas de Linha?

Como Fazer Mandalas de Linha?

Modo de fazer

  • Primeiro prenda as quatro varetas no meio delas, com a própria linha, usando apenas um sentido.
  • Depois continue passando a linha em volta de todos os palitos.
  • Comece fazer as formas desejadas, intercalando os sentidos entre horário e anti-horário, os espaços entre as linhas, como preferir.
  • Quando quiser mais espações, enrole mais vezes na vareta antes de continuar.
  • As mandalas padrões são com quatro varetas, mas fica a critério da pessoa.
  • Quando quiser troque de cor , prendendo ela enrolando na vareta.
  • Depois é só ir seguindo até  a forma desejada.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Enfeites

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *