Tudo Sobre Serigrafia Artesanal

Há diversas formas de se fazer o artesanato, já há inúmeras técnicas artesanais que podem ser aplicadas nos mais variados materiais, e, uma delas é a Serigrafia Artesanal. Para quem não sabe, a serigrafia é uma forma de impressão de desenhos e estampam que também pode ser aplicada em tecidos e ainda em determinados papéis especiais.

Esta técnica é bastante usada por pessoas que tencionam vender suas peças roupas com diferentes estampas, ou seja, aquelas que divergem das convencionais, que podem ser encontradas em qualquer loja.

Quem quer montar uma peça de roupa que tenha como acessório uma exclusiva estampa pode, sem medo, fazer uso da técnica de serigrafia. Além de deixar as roupas mais bonitas e diferentes, esta ainda pode ser uma maneira de conseguir uma renda extra, através da venda de roupas únicas ou ainda peças com desenhos, mensagens, fotografias, inclusive com foco em determinadas ocasiões do ano.

Usando os equipamentos adequados, além de criatividade, disposição e paciência, qualquer pessoa é capaz de cumprir com essa atividade. Veja logo abaixo maneiras de se fazer a serigrafia artesanal, usando o passo a passo.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=R08TnwGPaMg[/youtube]

Modelo I – Serigrafia Artesanal Passo a Passo

  • Inicie o procedimento através do ”tipo”, que é a estampa ou imagem que será usada para a transferência feita para a roupa ou tecido. Se por um acaso você não tiver ainda parte pronta, será preciso partir para sua criação.
  • Tome um molde pronto ou estampa com uma superfície mais grossa, nada de um papel fininho ou coisa do gênero, e, de preferência que possa ser recortado com bastante facilidade, sendo que para cumprir essas etapas uma opção barata e bastante viável está em usar o EVA. Usando uma caneta grossa, desenhe ou escreva o que você deseja que se torne uma estampa que será transferida para o tecido. 
  • Então, usando um estilete de haste larga e bem afiado, recorte o molde que desenhou seguindo sua parte interna, de maneira que a figura tenha seu centro vazio. Depois disso, usando um pedaço de madeira em formato quadrado e, contando com o auxilio de uma talhadeira, complete a moldura. Esta moldura que você criou usando o pedaço de madeira e o desenho será utilizado para que se faça a impressão do mesmo.
  • Depois de cumprido mais esta etapa, pegue o tecido ou a camiseta que irá receber a serigrafia e coloque-o sobre uma superfície plana, deixando-o completamente esticado, sem nenhuma ruga ou dobra. Se quiser pode prendê-lo no lugar usando para isso vários alfinetes.[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=TlNB3HShTzY[/youtube]
  • Logo depois, ponha em cima do tecido escolhido o molde vazado que foi fabricado logo no começo do processo. Em seguida, ponha a moldura fabricada em madeira em cima da estampa e, tente esticar ao máximo o tecido, para que o desenho saia perfeito. Esse procedimento ajuda a delimitar o lugar certo onde a estampa será aplicada.
  • Usando a tinta própria para a serigrafia de tecido e ponha sobre os buracos do molde vazado. Tenha precaução para não por demais o produto e, assim, acabar estragando todo o desenho. Aperte a moldura sobre a peça por um pouco de tempo.
  • Após feito isso, remova a moldura e, com auxilio de um pedaço de tecido em poliéster, retire todo o excesso de tinta, para isso  basta somente passá-lo em cima do molde. Depois disso, remova o molde e deixe o tecido repousar e assim secar, por no mínimo 24 horas. Não é recomendável lavar o tecido nos três primeiros dias subsequentes, já que isso pode acarretar a desintegração da tintura. Além disso, não use o ferro quente sobre a parte que recebeu o desenho.

Dicas Importantes:

  • Se conseguir, faça seu próprio molde.
  • Não se esqueça de esticar muito bem o tecido, para somente depois fazer a aplicação da tinta.

Modelo II – Serigrafia Artesanal Passo a Passo

Material Usado No Processo De Serigrafia Artesanal

  • Um vidro de Termolina leitos, desde que a mesma possa ser dissolvida em água.
  • Um vidro de tinta própria para tecido com tipo hidrometálico, na cor prata, desde que também possa ser dissolvida em água. 
  • Um bastidor de madeira, para segurar o tecido bem esticado, durante o processo de serigrafia Um pedaço grande de tecido Voal, daqueles que são usados em cortina.
  • Tesoura com ponta
  • Lápis grafite
  • Um rodinho pequeno para espalhar a tinta, que pode ser adquirido em lojas de utensílios, como aquelas que revendem produtos a 1,99.
  • Fita crepe, cola ou durex
  • O risco que conterá a estampa desejada, tamanho A4
  • Uma folha de papel carbono na cor amarela
  • Um metro de tecido de Algodão, sem que esteja engomado

Passo a Passo:

  • Passe o risco que escolheu diretamente para o tecido voal e estique-o completamente, usando para isso o bastidor de madeira, tomando cuidado para fixar as laterais usando a fita adesiva ou a cola. É de extrema importância que o voal fique totalmente esticado. Se o desenho escolhido possui duas cores ou mais, reparta o desenho, confeccionando uma tela para ser usada por cada uma das cores.
  • Com a ajuda de um pincel chato, passe uma demão generosa de Termolina Leitosa dissolvida com um pouco de água, tomando cuidado para que a mesma não passe para a área interna do risco: já que o mesmo deverá estar vazado para que se consiga fazer a impressão.
  • Depois de seco o tecido, passe mais uma, e se precisar, mais de uma demão de Termolina Leitosa, no entanto, dessa vez, use o produto puro. Faça do mesmo jeito quando for montar outras matrizes.
  • Passe para o processo de estampagem: coloque a matriz em cima do tecido de algodão e ponha um pouco da tinta no lado avesso do bastidor e, bem devagar, vá puxando a mesmo com a ajuda do rodinho, apertando bem o tecido sobre a tela, ou vice-versa, executando o movimento de vai e vem por três vezes em cima do desenho vazado. Lembre-se que a tela não poderá se movimentar durante a impressão.
  • Depois de estampar, espere até que a tinta seque, por no mínimo 24 horas ou mais.
  • Depois de usar a matriz, você deve lavá-la muito bem em água limpa e corrente e depois deixá-la secar.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Tecido

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *