Dicas Sobre Feltragem

São muitas as vantagens de se trabalhar com artesanato. Além de ser ótima terapia você pode produzir belíssimas peças para si mesma (o), para presentear alguém ou até mesmo para ganhar um dinheiro extra.

São inúmeras as opções que existem em artesanato, inclusive você sempre terá a possibilidade de usar a sua criatividade e acrescentar outras coisas ao que você aprendeu. Em feltragem, por exemplo, você pode fazer inúmeras coisas, só depende de paciência e criatividade.

Existe uma forma de fazer feltragem  em que você precisará usar as agulhas próprias isso.

As agulhas usadas para a técnica da feltragem são farpadas e suas pontas são muito afiadas. Portanto, é preciso muito cuidado ao lidar com elas, principalmente se estiver trabalhando em local onde haja crianças. Para trabalhar com essas agulhas tenha em mão uma esponja para te auxiliar no manuseio com elas. Esse cuidado é para evitar que você se machuque e também que elas quebrem, pois são muito frágeis. Quando estiver manuseando a (as) agulhas no trabalho com as lãs tenha o cuidado de introduzir e puxar a agulha sempre em posição reta. Como elas são muito frágeis, se forem torcidas ou dobradas durante a feltragem provavelmente se quebrarão.

Na feltragem feita com a agulha (as agulhas), você precisa também de esponja, segurador de agulhas, bastidor e lãs.

Há outra forma bem simples de se fazer feltragem, inclusive sem uso de agulhas próprias. Veja uma forma de se fazer uma bolsa usando a feltragem.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=BayFO7YCOYg[/youtube]

Materiais Necessários:

  • Lã merino (100% pura) em cores variadas;
  • 1 litro de água morna;
  • Garrafa térmica;
  • Sabão de oliva granulado (ou em barra para ser ralado) ou sabão glicerinado;
  • Estilete;
  • Cola de tecido;
  • Um pedaço de tecido de nylon;
  • Um zíper;
  • Agulha (comum) e linha;

Modo De Fazer:

Comece separando as cores de lã que você vai usar. Para fazer essa bolsa, escolhi lã nas cores: branca, vermelha, azul, amarela e verde. Depois prepare o local onde você vai trabalhar.  Você poderá usar uma tábua lisa. Depois aqueça um litro de água. Acrescente a essa água morna uma colher de sopa de sabão oliva granulado (ou ralado). Coloque um pouco em uma vasilha e conserve o restante da  água com sabão em uma garrafa térmica. Agora, comece a fazer as bolinhas de lã.

Pegue uma mecha de lã branca, pequena e faça uma bolinha com ela nas palmas das mãos. Em seguida mergulhe-a na água morna com sabão. Depois de molhada na água, enrole a bolinha nas mãos até que ela fique um pouco firme.

Agora, pegue uma mecha um pouco maior de lã vermelha, coloque sobre a mesa e coloque a bolinha branca sobre ela. Cubra toda a bolinha branca com a lã vermelha, molhe na água morna com sabão e enrole-a nas palmas das mãos, amassando bem até que fique firme.  Pegue uma mecha maior de lã azul e proceda da mesma maneira que fez com a cor branca e vermelha. Não se esqueça de amassar bem até que fique firme.  Agora envolva a bolinha com a lã amarela, proceda da mesma forma e por último, faça o mesmo com a lã de cor verde. Não esquecendo que a cada cor de lã que acrescentar deve mergulhar na água morna antes de amassar nas mãos.

Depois de colocar todas as cores amasse bem a bolinha nas mãos até que ela fique bem firme e pequena. Observe que ela muda de tamanho conforme você a amassa. Quando ela já estiver pouco maior do que uma bolinha de gude e firme, coloque-a sobre a mesa e com o estilete corte-a ao meio fazendo duas metades. Você verá que aparecerão todas as cores que foram usadas.

Agora, com as mãos, pegue cada metade da bolinha e empurre o miolo para fora. Observe que a primeira camada (branca) que foi feita ficará totalmente visível. Desse modo aparecerão todas as camadas. Agora passe cola de tecido nas duas metades e cole-as (observe que os miolos deverão ficar para fora). Retire o excesso da cola. Não se preocupe com a cola que você não conseguir retirar ela desaparecerá quando secar. Espere secar. Veja que quando ela estiver seca tomará uma forma mais redondinha.

Para fazer a bolsa você precisará fazer  144 bolinhas exatamente iguais a essa. Depois que fizer todas as bolinhas, chegou a hora da montagem.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=niZYf_wR_uU[/youtube]

Coloque sobre a mesa 6 bolinhas enfileiradas. Passe a agulha com linha por todas elas formando um cordão, observe que elas devem ficar bem juntinhas. Puxe a agulha quando passar pela última bolinha e arremate. Faça onze cordões exatamente iguais ao que foi feito. Quando terminar de fazer os onze cordões, costure um cordão ao outro, como se estivesse fazendo um tecido. Essa placa de bolinhas deverá ficar com onze bolinhas no comprimento e seis na largura. Depois, faça outra placa exatamente como foi feita essa. Uma placa de bolinhas será a frente da bolsa e a outra será a parte traseira.  Com as 12 bolinhas restantes você fará a alça.

Para formar a bolsa, junte as duas placas e costure as bolinhas de duas em duas por toda a lateral. Observe que você só deverá costurar as bolinhas das laterais.  Agora pegue o pedaço de naylon e faça uma pequena bolsa com ele (na máquina de costura), com as medidas de 15X10, coloque um zíper. Esse será o forro da bolsa. Coloque-o dentro da bolsa. Prenda-o na bolsa costurando o zíper, em toda, a volta nas bolinhas em cada lado.

Agora pegue as 12 bolinhas restantes e faça um cordão como fez para fazer a bolsa. Observe sempre que as bolinhas devem ficar bem juntinhas. Prenda o cordão em ambos os lados da bolsa (no sentido do comprimento) para fazer a alça. Se você quiser uma maior basta aumentar a quantidade de bolinhas.

As cores e o tamanho dependem do seu gosto.

Com essa técnica de feltragem super fácil, você pode fazer coisas incríveis. Inclusive almofadas, xales, etc. No caso de um xale, por exemplo, você precisará de um plástico de bolha e de um bastidor para amassar a lã.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Feltro

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *