Estandartes e Artesanato

O estandarte é um artigo bastante usado em eventos comemorativos, culturais e religiosos. Funciona como uma espécie de bandeira, pendurada por um mastro, a ser segurada pela comissão de frente do grupo que irá fazer a manifestação, esta podendo ser de temática diversa.

Vemos os estandartes constantemente em carnavais, onde os blocos usam o espaço para colocar o nome do grupo ou seu símbolo oficial, ou frases motivadoras.

Estandarte

Geralmente, nos carnavais de rua, como os que acontecem em Olinda, em Pernambuco, onde os blocos andam pelas ladeiras ao som de marchinhas, cantando em coro, seguidos de uma banda.

De forma artesanal, o artigo é relativamente fácil de fazer. Pode ser confeccionado de materiais diversos, como tecido, papelão, plástico, entre outros.

O bastão geralmente é de madeira, com cerca de dois metros de altura, para ficar mais alto que a multidão. Para adornar, usa-se de tudo muito colorido, para ganhar destaque: lantejoulas, pedras brilhosas, recortes coloridos, entre outros.

Há artesões específicos para fazer este tipo de arte, mas qualquer um com um pouco de cuidado pode fazer seu estandarte em casa. Para confeccionar, você vai precisar de tesoura, um tecido grosso com cerca de um metro quadrado, um tecido mais fino colorido para ser seu pano de fundo na cor que desejar, cola para tecido, pedras para decorar à vontade e tiras de tecido bem colorido, linha, agulha, lápis carvão para riscar o pano.

Artesão

Como fazer – em cima de uma mesa lisa, coloque o tecido mais grosso. Ele será sua base de sustentação, a ser usado abaixo do tecido mais fino. Cole o tecido mais fino com pistola de cola quente ou cola específica, ou costure de forma simples, manualmente nas laterais ou com máquina.

Feita a junção dos dois panos, chegou a hora de começar a decoração. Com o lápis carvão, risque o nome desejado em letras grandes e grossas. Estandartes são feitos para serem vistos à distância, então precisam ter letras maiores que três centímetros de largura. Caso queira usar um desenho, faça abaixo do nome, ambos de forma central.

O ideal é começar a decorar as letras internamente. Muitas troças carnavalescas usam lantejoulas coloridas, uma forma de brilhar na luz e serem lidos de dia ou noite.

Passar cola e usar glíter sob a mesma também é uma opção bem criativa, deixando uma camada bem grossa. Você pode pintar com outras colas para tecido ou fazer o nome de pano e costurar, fica para sua escolha.

Fazer

Nas bordas, pode-se costurar fitas de tecido colorido para dar mais brilho, ou papel, ou mais lantejoula, fica a seu critério. Algumas pessoas penduram ficas, colando com cola ou costurando entre o tecido grosso e o fino, antes de pregar definitivamente os dois.

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>