Estandartes e Artesanato

O Que é Um Estandarte?

Basicamente um estandarte é uma espécie de bandeira que possui ricos bordados muitas vezes feitos com fios de ouro. Os estandartes quando em âmbitos militar e marítimo não são bandeiras a serem hasteadas e sim levadas pela tropa como se fossem um tipo de guia. Diversas instituições utilizam os estandartes para diferentes tipos de bandeiras como bandeiras de corporações, bandeiras militares ou de comunidades religiosas.

Dá Para Fazer Estandartes em Casa?

Uma pergunta que fica na cabeça de muitas pessoas e a resposta é sim. É perfeitamente possível fazer estandartes artesanalmente em casa. Não é difícil como pode parecer num primeiro momento basta seguir alguns passos e pronto. Vale dizer que você pode fazer os estandartes com motivos religiosos para novenas e passeatas ou mesmo para festas com a bandeira da comunidade em que mora ou algo assim. Aprenda a fazer estandartes e use da maneira que desejar.

Tutorial de Como Fazer Estandartes

Materiais Necessários

  • Feltro vermelho com tamanho de 30×40 cm
  • 1 pedaço de papelão com tamanho de 20×30 cm
  • Fitilho amarelo
  • Agulha de crochê
  • 2 fitas do Senhor do Bonfim
  • Lã de costura amarela
  • Lantejoulas douradas
  • 4 rosinhas de pano vendidas prontas
  • 1 santinho de papel
  • Miçangas transparentes
  • 1 pingente do Divino Espírito Santo (você pode substituir pelo motivo do seu estandarte)
  • 1 bola de acabamento
  • Cola de arte
  • Lápis
  • Tesoura
  • Linha de náilon fina para costurar
  • Estilete
  • Linha vermelha
  • 1 palito de bambu
  • Fio de couro
  • Agulha de crochê

Como Fazer

Passo 1 – Para começar você deverá fazer um molde do seu estandarte com 14 por 14 centímetros e cuja ponta tenha 9 por 9 cm. Faça o desenho do molde com essas características em cima do papelão e então recorte.

Passo 2 – Na sequência use um lápis para marcar 1 cm na parte superior do estandarte e faça o desenho com o risco.

Passo 3 – O mesmo procedimento deverá ser feito atrás do seu papelão.

Passo 4 – Faça o risco do local em que o santinho irá ficar posicionado no seu estandarte.

Passo 5 – Na sequência faça o corte do feltro (será necessário seguir o molde duas vezes, uma será a frente e a outra a parte de trás). Observe que você deve deixar 1 cm de sobra na borda como um todo.

Passo 6 – É importante que antes de fixar com cola o santinho na sua posição você borde o feltro usando agulha e linha de náilon.

Passo 7 – Então pregue uma lantejoula e uma miçanga.

Passo 8 – O procedimento deverá se repetido fazendo uma costura bem perto da outra até ter feito a volta completa.

Passo 9 – Na sequência você deverá pregar 4 flores de tecido e usando uma linha vermelha costurar um pingente de sua escolha.

Passo 10 – Após ter feito isso você deverá seguir para a confecção dos fitilhos cortando pedaços que tenham 7 cm.

Passo 11 – A cola deverá ser passada na parte superior do papelão e então fixe os 5 fitilhos lembrando de manter a mesma distância entre eles.

Passo 12 – Então aplique a cola em cima da base dos fitilhos e cole a parte do feltro que já está bordado.

Passo 13 – O santinho deverá ser encaixado devidamente e colado.

Passo 14 – O feltro deverá então ser levantado para que você possa passar cola no que sobrou do papelão. O tecido deverá ser fixado.

Passo 15 – A cola ainda deverá ser usada para que o bordado de lantejoulas fique bem preso.

Passo 16 – O acabamento deverá ser feito virando o estandarte, aplique cola na parte de cima e faça a dobradura com os fitilhos de maneira a criar alças pequeninas.

Passo 17 – A cola deverá ser passada em toda a parte de trás da base incluindo em cima das pontas dos fitilhos. Será necessário colar outro pedaço de feltro.

Passo 18 – Será necessário cortar o bico igual a parte de trás e fechar o seu estandarte.

Passo 19 – O contorno do estandarte deverá ser bordado com a agulha passando de baixo para cima.

Passo 20 – Faça um nó e corte.

Passo 21 – Depois disso você deverá ir bordando e passando a linha de maneira a dar um laço. Isso deverá ser feito em todo o entorno do estandarte.

Passo 22 – Abra o feltro em cima e então cola as duas fitinhas de Bonfim fechando por fim.

Passo 23 – O bordado deverá ser terminado não esquecendo de dar o nó quando chegar ao fim.

Passo 24 – A cola deverá ser aplicada na parte de cima do feltro e então colado um fitilho que tenha sido cortado com o mesmo tamanho.

Passo 25 – Agora vamos trabalhar com o bico do estandarte passando um pedaço de fitilho por dentro da linha de crochê. Você deverá centralizar o fitilho, dobrar e então deixar as duas pontas com o mesmo tamanho.

Passo 26 – Será necessário dar um nó e cortar as pontas na diagonal de maneira que passe por dentro da bolinha usada para acabamento.

Passo 27 – Continue dando mais um nó para que fique firme.

Passo 28 – Nessa etapa será necessário passar o palito de bambu por dentro das alças. O estilete deverá ser usado para fazer as marcas.

Passo 29 – O corte do excesso de fio de couro deverá ser feito. Esse pedaço funcionará como uma alça em que será possível pendurar o estandarte.

Dica Extra – Uma forma de deixar o seu estandarte mais alegre é usar uma grande variedade de cores, tipos de materiais e santinhos para que as peças fiquem diferenciadas. Coloque a sua imaginação para funcionar.

Solte a Imaginação

Com esse tutorial você poderá começar a fazer os seus estandartes para as mais variadas ocasiões. O artesanato é uma ferramenta muito interessante para quem deseja fazer peças diferentes e com um visual especial. Os estandartes podem funcionar como um item a mais para decorar as suas festas e reuniões.

Além disso, é muito relaxante e divertido fazer trabalhos manuais. Como já dissemos ensinamos a técnica de como fazer estandartes para que você possa aplicar da maneira que preferir. Basta pensar em como um estandarte pode ser interessante para aquele momento de comemoração e festejo. Capriche na confecção dos seus estandartes e tenha peças incríveis como resultado.

O estandarte é um artigo bastante usado em eventos comemorativos, culturais e religiosos. Funciona como uma espécie de bandeira, pendurada por um mastro, a ser segurada pela comissão de frente do grupo que irá fazer a manifestação, esta podendo ser de temática diversa.

Vemos os estandartes constantemente em carnavais, onde os blocos usam o espaço para colocar o nome do grupo ou seu símbolo oficial, ou frases motivadoras.

Geralmente, nos carnavais de rua, como os que acontecem em Olinda, em Pernambuco, onde os blocos andam pelas ladeiras ao som de marchinhas, cantando em coro, seguidos de uma banda.

De forma artesanal, o artigo é relativamente fácil de fazer. Pode ser confeccionado de materiais diversos, como tecido, papelão, plástico, entre outros.

O bastão geralmente é de madeira, com cerca de dois metros de altura, para ficar mais alto que a multidão. Para adornar, usa-se de tudo muito colorido, para ganhar destaque: lantejoulas, pedras brilhosas, recortes coloridos, entre outros.

Há artesões específicos para fazer este tipo de arte, mas qualquer um com um pouco de cuidado pode fazer seu estandarte em casa. Para confeccionar, você vai precisar de tesoura, um tecido grosso com cerca de um metro quadrado, um tecido mais fino colorido para ser seu pano de fundo na cor que desejar, cola para tecido, pedras para decorar à vontade e tiras de tecido bem colorido, linha, agulha, lápis carvão para riscar o pano.

Como fazer – em cima de uma mesa lisa, coloque o tecido mais grosso. Ele será sua base de sustentação, a ser usado abaixo do tecido mais fino. Cole o tecido mais fino com pistola de cola quente ou cola específica, ou costure de forma simples, manualmente nas laterais ou com máquina.

Feita a junção dos dois panos, chegou a hora de começar a decoração. Com o lápis carvão, risque o nome desejado em letras grandes e grossas. Estandartes são feitos para serem vistos à distância, então precisam ter letras maiores que três centímetros de largura. Caso queira usar um desenho, faça abaixo do nome, ambos de forma central.

O ideal é começar a decorar as letras internamente. Muitas troças carnavalescas usam lantejoulas coloridas, uma forma de brilhar na luz e serem lidos de dia ou noite.

Passar cola e usar glíter sob a mesma também é uma opção bem criativa, deixando uma camada bem grossa. Você pode pintar com outras colas para tecido ou fazer o nome de pano e costurar, fica para sua escolha.

Nas bordas, pode-se costurar fitas de tecido colorido para dar mais brilho, ou papel, ou mais lantejoula, fica a seu critério. Algumas pessoas penduram ficas, colando com cola ou costurando entre o tecido grosso e o fino, antes de pregar definitivamente os dois.


Categoria(s) do artigo:
Tecido

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • mto lindooo

    luana 2 de junho de 2011 18:15 Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *