Crochê Irlandês: Unindo Rendas

O crochê é uma técnica bem interessante que permite a criação de um sem número de peças diferentes e cheias de estilo. Além de ser uma técnica artesanal que conquista pela beleza do seu trabalho também oferece várias opções de técnicas diferenciadas para usar os fios e as agulhas.

Uma dessas técnicas é conhecida como Crochê Irlandês e apareceu no início do século XX trazendo uma visão para o tipo de renda que era produzido nessa época. Como esse tipo de renda de crochê apareceu na Irlanda o nome passou a ser Irlandês. A renda obtida desse trabalho chama-se Guipure.

Outro nome popular dessa renda é Renascença, a sua primeira aparição foi na França no século XVI. Esse trabalho de renda migrou ainda para a Inglaterra e finalmente chegou na Irlanda. De grande efeito estético o Crochê Irlandês é com certeza um dos mais trabalhosos.

Uma Técnica Trabalhosa

Podemos dizer que o Crochê Irlandês é bem parecido com a técnica de “tatting”, a vantagem é que essa técnica oferece um início ao trabalho, ou seja, uma base de união para os motivos de renda.

A técnica usada para a união dos motivos foi especificamente desenvolvida para o Crochê Irlandês e ficou conhecido, erroneamente, como “guipure vienense”. Outro fator que torna esse crochê trabalhoso é fato de que é uma técnica que utiliza em demasia as sobreposições como flores, por exemplo, em que se nota a sobreposição das pétalas.

A característica principal desse tipo de crochê é a execução de diversos motivos como folhas, flores e ramificações de frutas, folhagens e arabescos. Cada um dos motivos é feito em separado. Realmente, dá muito trabalho usar a técnica do Crochê Irlandês. 

A União Faz a Força

Cada motivo usado para compor a peça é confeccionado em separado e para fazer a união dos mesmos eles são posicionados sobre uma base (modelo) para que sejam unidos por minúsculos pontos correntinhas e assim formam a peça inteira.

Dessa forma se você pretende criar peças usando o Crochê Irlandês é bom saber que precisará de bastante disponível e paciência para fazer a junção dos motivos criados. Porém, como veremos a seguir esse tipo de crochê é usado para criar um sem número de peças interessantes e com valor agregado de revenda interessante. 

O Que Posso Fazer Com o Crochê Irlandês?

A resposta é quase tudo, desde que se tenha paciência para criar os motivos e uni-los sobre a base. Várias peças podem ser feitas usando essa ideia, porém, quando aplicada em roupas essas ideias costumam fazer sucesso.

O Crochê Irlandês cria um desenho interessante na peça e por isso mesmo é necessário que não fique restrito apenas a toalhas de mesa. Quando essa técnica de junção de motivos rendados migra para as vestimentas é possível criar lindos vestidos, camisas, blusas e até mesmo saias.

A dica para quem deseja um retorno mais rápido da venda das suas peças feitas de crochê é aplicar o crochê irlandês em roupas. Além de as peças adquirirem um visual muito mais refinado pelo trabalho demandando para a sua confecção passam a ter muito mais valor de venda. 

Criando Roupas Com o Crochê Irlandês

Uma forma de não ter um trabalho absurdo usando o crochê irlandês para confeccionar roupas é combiná-lo com outros tecidos e assim garantir que a peça fique pronta mais rapidamente. Algumas peças se valem desse trabalho de pequenas rendas para criar as costas de blusas, por exemplo.

Uma boa dica é tentar apostar em peças totalmente feitas com esse crochê a partir do momento que se estiver mais treinado. Nos momentos livres em que nenhuma ideia concreta surgir pode ser interessante trabalhar nos motivos. Assim quando uma ideia aparecer basta usar os motivos para criar a sua peça. 

Os Motivos Do Crochê Irlandês

São vários os motivos que podem ser usados para a confecção do crochê irlandês. Algumas dicas que podem ser interessantes para o seu trabalho do dia a dia é pensar em usar flores e arabescos. Sempre pense numa forma que possa ser ligada com as demais e que não perca o seu visual.

As ligações precisarão ser feitas, mas se você optar por formas interessantes poderá tornar as ligações um efeito da peça e não apenas uma necessidade para a junção dos motivos.

Em relação aos motivos usados no Crochê Irlandês ainda podemos ressaltar o aspecto de que eles ajudarão a velar mais ou menos a peça. Aposte em peças com mais motivos, unidos mais próximos, para as peças que precisem ser mais veladas e discretas.

Já as peças que podem ser um pouco ousadas podem ter os motivos usados mais separadamente criando um efeito de transparência. Vale destacar que até mesmo um véu de noiva pode ser feito usando a bela técnica do Crochê Irlandês. A grande questão é ter paciência e criatividade para levar a técnica para uma peça diferente. 

Posso Fazer Toalhas?

Claro e você ainda pode aproveitar que esse trabalho de crochê irlandês é mais sofisticado e criar peças para a mesa para as ocasiões especiais. Não existem regras para como usar o crochê irlandês. O mais importante é que o resultado final fique bonito e demonstre toda a beleza que o empenho desse tipo de crochê possui.

As toalhinhas de enfeite para os móveis da casa também podem ser feitas a partir do Crochê Irlandês. Aliás, pode ser uma boa ideia começar a treinar a técnica nessas peças menores antes de partir para um grande desafio.

O trabalho que demanda criar os motivos em separado e depois uni-los é bastante grande e exige um conhecimento prévio do que se está fazendo. Não desanime e treine bastante para conseguir os maravilhosos resultados que esse tipo de crochê pode trazer. Sempre é possível ter como resultado uma peça cheia de estilo e sofisticação. 

Vídeos De Como Fazer Crochê Irlandês

Confira agora vídeos bem legais de como usar a técnica do crochê irlandês para a criação de algumas peças incríveis.

Tecendo Redes No Crochê Irlandês

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=lt_CqkDuunk[/youtube]

Cordão Em Crochê Usado Em Renda De Bruges e Crochê Irlandês

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=W_eMAqOMwqM[/youtube]

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Croche

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • Tudo lindo

    Patricia Maria da Silva 12 de Fevereiro de 2013 4:10 Responder
  • sou apreciadora doente por artesanato. Demais por tabalhos especiais como trico,croche,o que sei fazer. Mas agora, nao vou descansar enquanto nao aprender o croche irlandes. oEste é o mais encantador.preciso encontrar livros e ou instrutores. Um grande abraco a quem puder me ajudar

    nelda gewehr 29 de Março de 2013 20:38 Responder
  • Gostei muito do seu trabalho em renda turca, você faz arremates que eu não sabia fazer. Obrigada pela magnifica aula. Faço alguns trabalhos e gosto muito de frivolité, que aprendi quando ainda era criança, o que já faz bastante tempo.
    continue a nos encantar com suas aulas. Agradecida, Aglai.

    Nomeaglairosa 29 de agosto de 2013 14:30 Responder
  • Amiga vc faria por encomenda uma blusa igual a rosa dessa pg? obrigada

    loivi 10 de Janeiro de 2014 14:46 Responder
  • gostaria de ter aulas presenciais, voce pode me ajudar??
    aguardo resposta, estou ansiosa para fazer este trabalho maravilhoso.

    katia Zanchi 28 de Janeiro de 2014 16:59 Responder
  • Boa tarde, gostaria de saber como faço para adquirir uma blusa e quais os preços.

    Armele 7 de julho de 2016 17:26 Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *